Criança : veja as vacinas recomendadas dos 2 aos 10 anos

Tempo de leitura: 3 minutos

Vacina para criança
Vacina para criança

A infância é o momento em que a criança cria as memórias mais especiais. Mas, para vivê-la em sua plenitude, é preciso gozar de saúde! Por isso, manter a carteira de vacinação em dia é essencial nessa fase.

A vacinação para crianças não é tão intensa e recorrente como a vacinação em bebês, mas é nessa fase que são necessárias muitas das doses de reforço, que são essenciais para garantir a reposição de anticorpos e garantir uma imunização adequada e duradoura!

Conheça as vacinas recomendadas para crianças, dos 2 aos 10 anos.

2 anos:

  • Se você esqueceu de dar a segunda dose das vacinas Tríplice Viral e Varicela, essa é a hora! A vacinação contra essas doenças pode se estender até os 2 anos, e como o calendário de vacinação de ambas as vacinas é o mesmo, é possível tomar uma vacina combinada (SCR-V) com todos os imunizantes em uma “picada” só! 
  • Além disso, não se esqueça que todo ano é preciso tomar a vacina contra Influenza (gripe)

3 anos:

  • Assim como no ano anterior, é necessário se proteger contra a gripe novamente! Dica: é mais fácil lembrar das vacinas anuais quando são aplicadas perto do aniversário da criança.

4 anos:

  • É hora de tomar a segunda dose contra a febre amarela. O vírus tende a surgir naturalmente em áreas de mata e costuma se espalhar no verão, época de reprodução de seu maior transmissor, o mosquito Aedes aegypti.

Entre 4 e 5 anos:

  • Reforço das vacinas Tríplice Bacteriana (contra tétano, difteria e coqueluche) e poliomielite (contra paralisia infantil). Essas vacinas podem ser tomadas separadamente no sistema público de saúde, mas as clínicas particulares de vacinação possuem alternativas que juntam essas vacinas em uma só, economizando picadas ( vacina DTPa+salk).

Entre 5 e 6 anos:

  • Reforço das vacinas meningocócicas conjugadas ACWY/C. No sistema público, apenas a vacina conjugada C está disponível, enquanto as clínicas particulares dispõem da vacina ACWY, que protege contra uma quantidade maior de sorogrupos da meningite.

6, 7, 8 e 9 anos:

  • Lembrete anual para renovar a vacina contra a Influenza (gripe)! O vírus da gripe é altamente mutável e, por isso, a vacina do ano sempre traz a proteção contra as cepas do vírus que circularam no ano anterior.

Entre 9 e 10 anos

  • Reforço da Tríplice Bacteriana: novamente, é hora de fortalecer o combate à difteria, tétano e coqueluche;
  • Dengue: entre os 9 e 45 anos, é necessário que todas as pessoas se imunizem contra a dengue. As doses são ministradas três vezes, com intervalo de 6 meses entre elas.
  • HPV4: A partir dos 9 anos também é preciso se imunizar contra o papilomavírus humano. A imunização contra a IST inicia nessa idade porque a proteção é mais eficaz em meninas e meninos que ainda não iniciaram a vida sexual. São necessárias 2 doses com intervalo de 6 meses entre elas. 

A partir dos 11 anos, já podemos reconhecer os “pequenos” como pré-adolescentes. Saiba quais são as vacinas recomendadas para eles através do nosso e-book, que traz o calendário de vacinação em todas as fases da vida.

Procure a Imunocamp para a melhor proteção das crianças!


Fonte: SBIm Família (https://familia.sbim.org.br/) e Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *