Informe saúde

Baixa cobertura vacinal gera preocupação de novas epidemias

Baixa cobertura vacinal gera preocupação de novas epidemias

3 minutos Baixa cobertura vacinal, entenda a importância da vacinação! A cobertura vacinal no Brasil já estava em queda nos últimos 5 anos, ficando em torno de 80% a 90% (abaixo da meta de 95%). Com a pandemia, os números caíram para 60%, 65%. O que isso significa? Risco de novas epidemias!Poliomielite, sarampo e rubéola são algumas doenças que já tiveram aumento de casos e em algumas regiões do país já eram considerados “surtos epidêmicos” pelos governos locais antes mesmo da chegada do novo Continue lendo

Novembro Azul: 4 dados sobre a relação do homem com a própria saúde 

Novembro Azul: 4 dados sobre a relação do homem com a própria saúde 

3 minutos Saúde do homem e as vacinas! A campanha Novembro Azul começou como um movimento de conscientização e prevenção contra o câncer de próstata, que é ainda hoje a segunda principal causa de morte por câncer em homens. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), apenas o câncer de pulmão mata mais homens que o câncer de próstata hoje. Com o sucesso da campanha, o Novembro Azul ampliou o debate para conscientizar sobre a saúde integral do homem, pois ainda hoje, muitos tabus Continue lendo

Outubro rosa: campanha e as vacinas!

Outubro rosa: campanha e as vacinas!

3 minutos Outubro rosa e vacina O movimento Outubro Rosa, que existe desde os anos 90, serve para conscientizar as mulheres da doença e dos procedimentos de prevenção. Você sabia que o câncer é a segunda maior causa de morte entre mulheres no Brasil? Quem diz isso são os dados da “Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher – Princípios e Diretrizes”, do Ministério da Saúde. Segundo o documento, a primeira maior causa de morte feminina são as doenças vasculares, seguida pelas Continue lendo

Catapora: tudo que você precisa saber!

Catapora: tudo que você precisa saber!

3 minutos Vacina da catapora em crianças! A catapora era uma das doenças mais comuns em crianças antes da invenção da vacina. Isso porque a doença, transmitida pelo vírus Varicela Zoster, é altamente contagiosa – sendo mais comum em crianças de até 10 anos, porém mais perigosa para adolescentes e adultos. A doença, também conhecida como Varicela, é famosa por causar na pele feridas ou bolhas avermelhadas com coceira. A maior parte das pessoas que pegam catapora podem ser consideradas imunes contra a doença Continue lendo

Saúde mental e física: qual a relação entre elas?

Saúde mental e física: qual a relação entre elas?

2 minutos Saúde física e mental e a relação! A ciência tem se dedicado recentemente a pesquisar mais a fundo sobre a relação entre mente e corpo. A psiconeuroimunologia tem encontrado mais e mais evidências científicas de que a imunidade é altamente afetada pela saúde mental e vice-versa. O efeito da saúde física na saúde mental parece mais fácil de entender: um estilo de vida sedentário, com uma alimentação muito calórica e gordurosa deixa o corpo sem nutrientes ou energia suficientes para funcionar normalmente. Continue lendo

Cobertura vacinal baixa em mais da metade das cidades brasileiras!

Cobertura vacinal baixa em mais da metade das cidades brasileiras!

4 minutos Cobertura Vacinal A cobertura vacinal das cidades brasileiras está baixa! Uma análise inédita do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS), com base em dados do Ministério da Saúde atualizados até 4 de abril de 2021, mostra que menos da metade das cidades brasileiras atingiu a meta do Plano Nacional de Imunização (PNI) para nove vacinas. O estudo foi publicado em reportagem da Folha de São Paulo em junho. As vacinas estudadas foram aquelas contra poliomielite, meningite C, rotavírus, hepatite A e B, pentavalente, BCG,tríplice Continue lendo

A saúde do homem e as vacinas!

A saúde do homem e as vacinas!

5 minutos Saúde do homem e as vacinas! Sabe-se que existe maior morbimortalidade entre homens de 20 a 59 anos, porque os homens estão envolvidos na maioria das situações de violência;  abuso de álcool e outras drogas com maior frequência; estão mais expostos aos acidentes de trânsito e de trabalho; hesitam em procurar os serviços de saúde e quando procuram não seguem os tratamentos recomendados”. A frase acima consta entre as considerações finais da publicação “Perfil da morbimortalidade masculina no Brasil”, de 2018, do Ministério da Saúde. O documento Continue lendo

A saúde da mulher e as vacinas!

A saúde da mulher e as vacinas!

5 minutos A saúde da mulher as vacinas! Você sabia que o Brasil possui vacina para pelo menos três das principais causas de morte de mulheres no país? Os dados são da publicação “Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher – Princípios e Diretrizes”, do Ministério da Saúde. Segundo o documento, as principais causas de morte feminina no Brasil são, nesta ordem: as doenças cardiovasculares: infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral;as neoplasias: câncer de mama, de pulmão e o de colo Continue lendo

Doenças de inverno: previna-se contra a gripe e a pneumonia!

Doenças de inverno: previna-se contra a gripe e a pneumonia!

4 minutos Doenças de inverno e as vacinas O clima frio e o ar seco são trazidos pelo inverno, e com ele diversas doenças típicas da época, em especial aquelas cujo principal meio de transmissão são gotículas do nariz ou da boca, como a gripe e a pneumonia. Isso é porque as baixas temperaturas fazem com que as pessoas tentem se manter aquecidas e convivam mais em ambientes fechados e com pouca ventilação, facilitando o contato com as gotículas de pessoas possivelmente doentes ao Continue lendo

Reforço das vacinas, veja sua importância!

Reforço das vacinas, veja sua importância!

3 minutos As doses de reforço são importantes para a efetividade das vacinas! As vacinas são substâncias que estimulam a produção de anticorpos, os agentes de defesa que atuam contra os vírus e bactérias que provocam doenças infecciosas. Algumas vacinas requerem mais de uma dose para produzir os anticorpos necessários, e as doses de reforço ajudam a recuperar a quantidade de agentes de defesa que se perdem ao longo do tempo. As vacinas contêm os agentes causadores das doenças em sua fórmula, e por Continue lendo