Vacina Hepatite B adulto

Tempo de leitura: 6 minutos

A vacina hepatite B adulto protege contra uma constante inflamação no fígado que pode levar à cirrose hepática. Entenda mais sobre o assunto e se cuide!

Felizmente, nas últimas décadas, houve um controle muito grande da hepatite. Isso se deu tanto pelas melhorias no sistema de saneamento e higiene quanto pelas campanhas de vacinação. Então, questionamos: você tomou a vacina hepatite B adulto? Esse é um assunto muito sério!

Assim, preparamos esta matéria para que você esclareça todas as suas dúvidas sobre essa doença. E, claro, sobre a vacina hepatite B adulto. Vamos conhecer mais sobre o assunto? Confira!

Saiba o que é a hepatite B

A hepatite B também é conhecida como soro-homóloga: uma doença transmitida pelo vírus VHB (ou HBV). Ou seja, trata-se de um vírus DNA (ou seja, que tem DNA como material genético) da família Hepadnaviridae. Ele infecta as células do fígado.

Assim, essas células são agredidas pelo vírus e se empenham para combater a infecção e, consequentemente, acabam resultando em um processo inflamatório crônico.

A doença causa diversas cicatrizes no fígado e isso incapacita a sua função. Portanto, a pessoa que contrai o vírus pode desenvolver três formas:

  1. Hepatite aguda;
  2. Hepatite crônica;
  3. Hepatite fulminante.

Confira como acontece a transmissão da doença

Para contrair a doença basta entrar em contato com o sangue de uma pessoa por meio do compartilhamento de agulhas, navalhas ou até mesmo escova de dente. Ainda, outra forma é por meio do sexo sem proteção.

A transmissão de mãe para filho durante o período perinatal (durante o parto) é também uma forma muito comum. Além disso, com a universalização da vacinação logo ao nascer, estamos conseguindo prevenir essa forma de contágio.

Por isso é muito importante tomar algumas providências de prevenção, tais como:

  • Manter o seu cartão de vacinação em dia
  • Não entrar em contato com sangue de outras pessoas
  • Não compartilhar objetos cortantes e perfurantes
  • Usar preservativo em todas as relações sexuais

Conheça os sintomas da doença

A grande dificuldade no diagnóstico é que a hepatite B não apresenta diversos sintomas até que o fígado já esteja muito danificado (existem casos de que ela dura até 30 anos silenciosamente).

Então, após este dano aparecem sintomas como:

  • Inchaço na barriga
  • Perda de apetite
  • Cansaço
  • Olhos e pele amarelados
  • Urina de cor escura
  • Diarreia
  • Sangramento
vacina hepatite b adulto
Ultimamente diversos estudos estão sendo feitos sobre a hepatite – mas é preciso que você também saiba a diferença entre seus tipos

Confira as principais diferença das hepatites

Hepatite A

Ela é transmitida por meio do contato interpessoal ou por alimentos contaminados. Também se cura sozinha e costuma durar até um mês, porém, uma porcentagem pequena pode evoluir para hepatite fulminante, por isso é importante se vacinar também contra a hepatite A.

Recentemente vivemos surtos dessa doença na Europa, EUA, na cidade de São Paulo e Rio de Janeiro aonde a principal via de contágio foi a sexual.

Hepatite B

Como já citamos anteriormente, ela é transmitida por meio da relação sexual e do contato sanguíneo. Assim, pode levar a cirrose e câncer de fígado. Ainda, a doença não tem cura, mas a pessoa pode ter uma vida normal desde que realize um bom tratamento contínuo e dietas.

Hepatite C

É uma das maiores epidemias de todos os tempos. Para você ter uma ideia, há cinco vezes mais pessoas contaminadas no mundo por hepatite C do que por HIV/Aids. Ela causa cirrose e câncer. Portanto, é transmitida por meio de transfusões, seringas compartilhadas e agulhas não esterilizadas. Não há vacina contra este tipo de hepatite. Porém, recentemente vem sendo utilizado uma nova classe de antivirais com excelentes resultados e cura completa dessa doença.

Hepatite D

Também é chamada de Delta e se manifesta em conjunto com a hepatite B. Mas é uma das menos prevalentes, apesar de muito grave. Ainda não existe terapia específica para este tipo.

Hepatite E

Normalmente manifesta-se devido ao paciente beber água contaminada e também não há tratamento efetivo para este tipo de doença.

Saiba um pouco mais sobre a vacina hepatite B adulto

A vacina da hepatite B é feita em todos os recém-nascidos e são aplicadas 3 doses, estando disponível na rede privada e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Já para a hepatite A são aplicadas duas doses no esquema 0 – 6 meses e elas estão disponíveis somente na rede privada.

Também existe a vacina para a hepatite A e B, em que são aplicadas três doses no esquema 0 – 1 – 6 meses e elas estão disponíveis somente na rede privada. Ela é indicada para pessoas que nunca foram imunizadas contra as hepatites A e B.

Saiba por que você deve tomar a vacina

Você tem dúvidas sobre onde pode fazer a sua imunização? Não somente contra a hepatite A e B, mas para trocar uma ideia sobre todo o seu cartão de vacinação?

Então, entre em contato conosco. Afinal, somos uma clínica que, além de termos a vacinação, contamos com o apoio de uma rede de profissionais qualificados para responder todas as suas dúvidas sobre a imunização.

Nós ficamos no Parque D. Pedro Shopping, Campinas/SP e ficamos abertos de segunda a sábado das 10h às 22h. Aguardamos a sua visita!

Proteja-se com a vacina hepatite B adulto!

Neste post apresentamos o que é a hepatite B, seus sintomas e suas possíveis complicações. Também falamos sobre a vacina hepatite b adulto. Por diversas vezes (inclusive em outras postagens) tratamos sobre a importância de manter o seu cartão de vacinação em dia. Mas, sabemos que na correria, nem sempre é possível ter tempo para analisar todas as imunizações que são necessárias.

Então, quer saber se você tomou a vacina Hepatite B adulto? Que tal saber se seu calendário de vacinação está em dia? Traga ele para nós e conversaremos a respeito, esclarecendo as suas dúvidas e indicando as imunizações faltantes. Esperamos você!

Fontes:
https://drjulianopimentel.com.br/dores/hepatite-c-causas-sintomas-tratamentos/
https://www.mastereditora.com.br/periodico/20140429_213345.pdf
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2004000400010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *