Vacina na gravidez: É preciso tomar? Veja!

Tempo de leitura: 4 minutos

Muitas mamães (principalmente as de primeira viagem) ficam com dúvidas sobre imunização em relação à vacina na gravidez. Afinal, existem diversas vacinas que são importantes tomar e também outras que precisam ser evitadas.

Por isso, uma dica importante é sempre ficar de olho no calendário da gestante para conferir quais são as principais vacinas que ajudam a prevenir doenças e promover mais qualidade de vida tanto para a mãe quanto para o bebê.

Vamos aprender mais sobre essa temática e tirar todas as suas dúvidas? Continue a leitura!

Por que é preciso tomar vacinas na gravidez?

A imunização adequada permite que o bebê se desenvolva corretamente dentro do ventre materno e evita que ele contraia doenças tanto durante a gestação quanto após o seu nascimento.

Isso deve acontecer porque as células de defesa da mãe são transferidas ao bebê durante a gestação. Depois que eles nascem, os anticorpos continuam a ser passados para ele por meio da amamentação. Portanto, mesmo que ele não tenha tomado diretamente a vacina, está protegido.

É sempre recomendado que a vacinação aconteça antes da gravidez, no entanto, as imunizações podem acontecer durante a gestação e também no momento do pós-parto.

Quais são as vacinas que devo tomar durante a gestação?

Existem algumas vacinas que são recomendadas tomar durante a gravidez. Veja quais são elas:

Influenza 

A gripe é uma das doenças mais graves para os recém-nascidos. Afinal, eles não têm anticorpos contra a doença. Por isso, é preciso se vacinar em qualquer fase da gestação.

A vacina é recomendada nos períodos de sazonalidade do vírus e ela está disponível tanto nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) quanto em clínicas privadas — no caso da rede privada a vacina há sempre a disponibilidade da vacina completa, na qual, há maior cobertura das cepas circulantes.

Hepatite B

A hepatite B pode ocasionar uma inflamação no fígado, no entanto, ela pode evoluir para câncer ou cirrose. Quando a mãe contrai o vírus durante a gravidez, pode transmitir o vírus para o bebê durante a gestação ou no momento do parto.

A vacina está disponível nas UBS e em clínicas privadas e pode ser feita a partir do segundo trimestre de gravidez. São três doses no esquema 0, 1, 6 meses.

Tríplice bacteriana

A tríplice bacteriana (dTpa) protege contra a difteria, tétano e coqueluche. Também existem a dT, que protege apenas contra as últimas duas doenças citadas.

Ela é essencial para grávidas porque protege os recém-nascidos principalmente contra a coqueluche (uma doença muito grave nessa fase da vida). Ela causa inflamação nas vias respiratórias e pode ocasionar a morte por insuficiência respiratória.

A partir da vigésima semana de gestação toda gestante deverá se vacinar, e isso deverá a cada gestação, mesmo que ela já tenha o esquema vacinal completo ou a tenha tomado em gestações anteriores.

Quais são as vacinas proibidas durante a gestação?

Agora que você aprendeu quais são as vacinas na gravidez que você deve tomar, é preciso ter atenção com aquelas que são proibidas. Essas vacinas são compostas por micro-organismos enfraquecidos, no entanto, ainda estão vivos.

Portanto, há a possibilidade de o bebê contrair a doença ao invés de proteger a sua saúde. São elas:

– tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);

– HPV;

– varicela (catapora); e

– dengue.

O que são vacinas recomendadas em situações especiais?

Se você observou o calendário de vacinação para gestantes, pode perceber que ainda há um campo com as “vacinas recomendadas em situações especiais”. Elas são imunizações recomendadas pelo médico devido à mulher estar exposta em algumas regiões que tenham a possibilidade de contrair algumas doenças.

Isso acontece principalmente para as grávidas que moram em algumas áreas de risco ou que vão viajar para alguns destinos específicos. Veja quais são elas:

– hepatite A;

– hepatite A e B;

– pneumocócicas;

– meningocócicas conjugadas;

– meningocócica B; e

– febre amarela.

vacina-na-gravidez

Você gostou de aprender mais sobre a importância da vacina na gravidez e quais os tipos de imunizações? Então, aproveite para compartilhar este post nas suas mídias sociais e marcar as gestantes ou futuras mamães que você conhece!

Não esqueça também de acessar nosso blog para conferir outros conteúdos impostantes.

Fontes: https://sbim.org.br/acoes/campanha-calendario-de-vacinacao-da-gestante-um-sucesso-de-protecao-para-mae-e-filho

https://vacinasparagravidas.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *