Calendário de Vacinação Infantil

Tempo de leitura: 7 minutos

Seus filhos estão com todas as vacinas em dia? Para descobrir, atualize-se com nosso Calendário de Vacinação Infantil!

Precisamos conversar sobre um assunto muito sério: o calendário de vacinação infantil! A vacinação é a principal responsável por evitar que o seu filho ou filha contraia doenças e tenha complicações leves, graves. E, em casos extremos, leve ao óbito. Pois é: o papo é sério!

Por isso, é sempre importante se atentar ao calendário de vacinação infantil.

Diante disso, quer saber como proteger o seu filho contra as principais doenças? Então, confira agora mesmo as principais vacinas que ele precisa tomar! Boa leitura!

Vacina contra tuberculose: BCG ID

  • Quando aplicar: no primeiro mês de vida do bebê;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS (Unidades Básicas de Saúde).

Vacina contra Hepatite B

A vacina protege contra a hepatite do tipo B, caracterizada por uma inflamação no fígado.

  • Quando aplicar: são realizadas 0 doses (nas primeiras 12 horas de vida; e aos 2 e 6 meses);
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra difteria, coqueluche e tétano: Tríplice bacteriana

A tríplice bacteriana tem este nome por combater e prevenir estas três doenças citadas. Porém, é também conhecida como DTP.

  • Quando aplicar: são 3 doses (aos 2, 4 e 6 meses), com reforço entre 15-18 meses e entre 4-5 anos;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra Haemophilus tipo B (Hib)

O haemophilus tipo B é uma bactéria que causa inflamação inicialmente no nariz e garganta. Portanto, pode se transformar em infecção generalizada, evoluindo, inclusive, para meningite bacteriana. Portanto, merece bastante atenção à prevenção.

  • Quando aplicar: é aplicada aos 2 ,4 e 6 meses de vida na rede pública e na rede privada se recomenda, também, o reforço aos 15 meses;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra poliomielite

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa causada por um vírus que vive no intestino. Já em casos extremos, pode causar paralisia.

  • Quando aplicar: são aplicadas 3 doses (aos 2, 4 e 6 meses), com dois reforços (entre 15-18 meses e outro entre 4-5 anos);
  • Disponibilização da vacina: em clínica de vacinação,combinada com a pentavalente acelular, hexavalente acelular e tríplice bacteriana acelular (DTpa+salk). E de forma isolada nas UBS.

Rotavírus monovalente e rotavírus pentavalente

A vacina anti-rotavírus previne infecção gastrointestinal grave.

Nesse sentido, pode ser monovalente com proteção estimada contra a infecção pelo rotavírus em torno de 78% e é oferecida pela rede pública de saúde. Mas há também a pentavalente, oferecendo proteção em torno de 90% e disponível nas clínicas de vacinação.

  • Quando aplicar: são aplicadas duas ou três doses, dependendo da vacina utilizada. Normalmente aos 2 e 4 meses de vida do bebê na rede pública. E na rede privada é dada a vacina anti-rotavírus pentavalente aos 2, 4 e 6 meses.
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Pneumocócica conjugada

A vacina da pneumocócica protege contra a bactéria que causa pneumonia e meningite, doenças muito comuns na fase infantil.

  • Quando aplicar: Na rede pública são dadas 2 doses antes de 1 ano e reforço após 1 ano com a VPC10. Enquanto na rede privada são dadas 3 doses, aos 2, 4 e 6 meses e reforço após 1 ano com a VPV13;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Meningocócica conjugada

Temos disponíveis 2 tipos de vacina anti-meningocócica conjugada: C e ACWY.

  • Quando é aplicada: duas ou três doses, dependendo da vacina aplicada. Geralmente aos 3, 5 e 7 meses, no caso da ACWY, haverá reforço aos 12-15 meses, sendo esta aplicada apenas em clínicas particulares;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Meningocócica B

A vacina anti-meningococo B está presente no calendário de vacinação infantil para proteger contra a meningite B. Ainda, essa meningite, após a introdução da vacina anti-meningite C no calendário público, passou a ser a meningite de maior prevalência aos menores de 5 anos de vida.

  • Quando é aplicada: em 3 doses (aos 3, 5 e 7 meses de idade, com reforço entre 12 -15 meses);
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação.

Vacina contra a gripe (influenza)

A vacina contra a gripe é dada na temporada de circulação do vírus da influenza, que no nosso hemisfério corresponde de março ou abril a agosto até setembro. Sendo assim, temos 2 vacinas disponíveis: a tetravalente, que protege contra 4 vírus (2 vírus A e 2 vírus B), disponível nas clínicas de vacinação; e a trivalente, que protege contra 3 vírus (2 A e 1 B), disponível na rede pública de saúde.

  • Quando aplicar: anualmente, após os 6 meses de vida;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Febre amarela

Protege contra a febre amarela, doença que tem ocasionado diversas mortes entre 2017 e 2018.

  • Quando aplicar: dose única a partir dos 9 meses de vida;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra Hepatite A

Como o próprio nome sugere, a vacina protege contra a hepatite A, caracterizada por uma inflamação no fígado. Logo, diferentemente da hepatite B e C, que são transmitidas pelo sangue ou contato sexual, a hepatite A tem seu contágio via oral, principalmente por água ou alimentos contaminados.

  • Quando aplicar: aos 12 e aos 18 meses;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina Tríplice Viral

Essa vacina protege contra o sarampo, caxumba e rubéola e é chamada de tríplice viral. Portanto, é essencial para proteger suas crianças de três doenças com apenas duas aplicações.

  • Quando aplicar: 1ª dose aos 12 meses; e a 2ª dose, dos 15-24 meses;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra varicela

A varicela é mais frequentemente conhecida como catapora – doença altamente contagiosa e que afeta, especialmente, crianças de até 10 anos.

  • Quando aplicar: duas doses após 1 ano de idade;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra HPV

A vacina protege contra a infecção pelo papiloma vírus humano (HPV), que é transmitido sexualmente e está relacionado ao câncer de colo de útero, pênis, ânus e orofaringe.

  • Quando aplicar: duas doses a partir de 9 anos de idade até os 15 anos de idade, tanto para meninas, quanto para meninos;
  • A partir de 15 anos serão necessárias 3 doses;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação e UBS.

Vacina contra a Dengue

É preciso prevenir as crianças contra a dengue, que pode atingir dois estágios e costuma a apresentar os primeiros sintomas no 3º dia após a picada. Deste modo, a dengue clássica se manifesta com febre, dor de cabeça, dor nos olhos, perda de apetite, manchas na pele, náuseas, tontura, cansaço, moleza e dor no corpo.

Já a dengue hemorrágica apresenta os mesmos sintomas da clássica, mas ainda: dores abdominais, vômitos persistentes, pele pálida, sangramento pelo nariz ou boca, manchas vermelhas na pele, confusão mental ou agitação, boca seca, dificuldade respiratória e perda de consciência. Além disso, a dengue hemorrágica pode levar qualquer pessoa, inclusive crianças, à morte em até 24 horas.

  • Quando aplicar: são 3 doses com intervalo de 6 meses entre elas a partir dos 9 anos de idade;
  • Disponibilização da vacina: clínica de vacinação.

Recentemente a Anvisa só recomenda a vacina anti-dengue àqueles que já tiveram essa doença.

Portanto, proteger os seus filhos contra doenças é uma das principais preocupações dos seus responsáveis. Então, é muito importante conhecer as principais vacinas que compõem o calendário de vacinação infantil para estar bem informado sobre o assunto.

Por fim, você gostou do nosso conteúdo sobre o calendário de vacinação infantil? Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário neste post.

Fontes:
https://sbim.org.br/calendarios-de-vacinacao
http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/meningites
https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/81-vacina-rotavirus
http://www.vacinas.org.br/novo/vacinas_contra_bact_rias_e_toxinas/tr_plice_bacteriana.htm
http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/vacina-dengue-esclarecimentos/219201

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *